Agenda

 

Tempo para a Criação – Setembro 2018

29 de Setembro, “Também somos Terra”, encontro aberto no seminário de Almada: programa; inscrição; outras informações úteis.

7 de Setembro, vigília de oração pelo Cuidado da Criação

1 de Setembro, Dia Mundial de Oração pelo Cuidado da Criação

 

… ◒ … ◒ … ◒ … ◒ … ◒ … ◒ … ◒ … ◒ …

8 de Setembro, Lisboa, Porto e Faro

Portugal junta-se à Marcha Mundial do Clima em três cidades – Lisboa, Porto e Faro –, informa a Zero, que é uma das mais de 40 organizações promotoras no nosso país.

 

Dia 1 de Agosto, Dia da Sobrecarga da Terra

 

25 de Julho, RTP 2

Entrevista a Manuela Silva no programa Ecclesia, sobre o ecodiagnóstico (a partir de 13’25”).

 

12 de julho, Lisboa

A Fundação Gonçalo da Silveira e a Associação Casa Velha, membros da nossa Rede,  organizam o Seminário Cuidar dos Bens Comuns para o Bem Comum – Desafios políticos e experiências educativas na relação entre Ecologia e Desenvolvimento, que se realiza no dia 12 de julho, no ISEG (Auditório CGD) em Lisboa. O seminário, que tem como objetivos promover o conhecimento e reflexão sobre os bens comuns, reforçar o trabalho colaborativo e o compromisso entre diferentes actores e discutir o papel da Educação para o bem comum, conta com a presença de Riccardo Petrella, economista e politólogo, fundador da Universidade do Bem Comum, que partilhará as suas reflexões e experiência nesta área. Mais informações, programa e inscrições em https://fgs.org.pt/bens-comuns-para-o-bem-comum-12-de-julho-iseg/

 

20 de Junho, Terra

Dia Mundial do Refugiado

 

8 de Junho, Terra

Dia Mundial dos Oceanos

 

5 de Junho, Terra

Dia Mundial do Ambiente

 

Março a Maio de 2018, Lisboa
Destaque: 8 de Maio, com Manuela Silva e José Manuel Fernandes, pelas 18h30, na Sala de Exposições, Biblioteca.

Está a decorrer, entre Março e finais de Maio, um ciclo de conferências e debates organizado pela Sociedade Científica da Universidade Católica Portuguesa com a participação de um leque de especialistas de diferentes áreas:  A crise ambiental e ecológica: olhares cruzados. Procura-se olhar a crise ambiental numa abordagem interdisciplinar, tendo em conta que estão em jogo questões sociais e políticas, educacionais e de comunicação, económicas e jurídicas. Encontra o programa aqui.

 

Conferências de Maio, Lisboa

No âmbito das Conferências de Maio, do Centro de Reflexão Cristã, que este ano abordam Os Novos Sinais dos Tempos – Que fazer?, a conversa, no dia 9 de Maio, será sobre “As alterações climáticas e o cuidar da casa comum”, tema apresentado por Manuela Silva e Paula Alves. As conferências, com início às 18h30, relizam-se, como de costume, no Centro Nacional de Cultura (Largo do Picadeiro, 10; metro: Baixa-Chiado).

 

16 Maio, Lisboa

Para quem possa já ter-se esquecido ou nem tenha reparado, lembramos que prosseguem as Conversas Desassossegadas, na Padaria do Povo, e este mês, mais propriamente no dia 16, pelas 18h30, vai-se falar da encíclica Laudato Si’ do papa Francisco.

 

18 de Abril, Estoril e Cascais

Realiza-se na quarta-feira, 18 de Abril, a partir das 21h30, na igreja de Santo António do Estoril, uma sessão de divulgação dos objectivos da nossa Rede: levar as comunidades a conhecer e interiorizar o desafio do papa Francisco na Laudato Si’ e, através de focos de conversão ecológica, promover uma conversão integral, isto é, que vai para além das preocupações ambientais e cuida igualmente das vertentes humana e social, com tudo o que isso implica, passando desde logo por assumir a urgência de uma mudança de estilos de vida. Escusado será dizer que estão tod@s convidad@s, sobretudo de Cascais e do Estoril.

 

14 março, Lisboa

Conversas Desassossegadas sobre Pensar a natureza e a ecologia – Irá decorrer na Padaria do Povo (R. Luís Derouet, 20A, Campo de Ourique), numa quarta-feira por mês entre Março e Junho 2018, o 1.º ciclo de Conversas Desassossegadas, uma proposta de Ana Loureiro e Álvaro Fonseca, que terá como tema Pensar a natureza e a ecologia. A primeira sessão será já no dia 14 Março entre as 18h30 e as 20h30, e terá como mote um texto de Edgar Morin, O ano I da Era Ecológica (1972). E outras se seguirão:

  • 18 Abril – Lewis Thomas, O homem natural
  • 16 Maio – Papa Francisco, Encíclica ‘Laudato Si’
  • 6 Junho – David Abram, Ecologia em profundidade

 

2 e 3 março, ilha Terceira, Açores

Nestas duas datas, Manuela Silva, que se desloca aos Açores a convite da Cáritas da ilha Terceira, é oradora em quatro conferências integradas na Semana Nacional da Cáritas, que tem este ano como tema Uma só família humana, cuidar da casa comum. Todas abrangidas pelo desafio de cuidar da casa comum, vão escutá-la audiências diversas: estudantes, presidiários e público em geral.

  • Dia 02, às 10h00, EBS Tomás de Borba
  • Dia 02, às 14h00, Escola Secundária Vitorino Nemésio
  • Dia 03, às 15h00, Estabelecimento Prisional
  • Dia 03, às 20h00, Câmara Municipal de Angra do Heroísmo.
2 março, Setúbal

Conferência Cuidar da Casa Comum, dia 2 de março, 21h00, no Auditório da Escola de Hotelaria de Setúbal. Esta conferência conta com a presença de representantes de outras religiões, sendo oradores:

  • Viriato Soromenho-Marques
  • Sheikh Zabir Edriss – comunidade Islâmica
  • Pastor Brissos Lino – cristãos evangélicos
  • Frei Hermínio Araújo, OFM – cristãos católicos
  • Margarida Ganço – fé Bahá’i
    • Moderador – António Soares

Iniciativa da Cárias Diocesana de Setúbal e da Comissão Diocesana Justiça e Paz, integrada nas atividades da Diocese da Semana Nacional da Cáritas.

Estão programadas sessões de apresentação da rede Cuidar da Casa Comum:

  • 1-4 de Março, na ilha Terceira, Açores

Haverá mais de uma sessão, em diferentes locais e para diferentes assembleias.

  • 23 de Fevereiro, no Campo Grande, Lisboa

Às 21h30, no salão paroquial da igreja do Campo Grande. Ver cartaz.

  • 21 de Fevereiro, na Parede

Pelas 21h00, no Centro Comunitário da Paróquia da Parede, destinada igualmente à paróquia de Carcavelos e à paróquia da Abóboda. Ver cartaz.

23 de Janeiro, Fátima

A proposta da rede Cuidar da Casa Comum  vai ser apresentada por Manuela Silva, em Fátima, na terça-feira, dia 23. Pretende-se assim tornar mais próximo o convite às comunidades cristãs para constituírem focos de conversão ecológica a par com um maior aprofundamento da mensagem da encíclica Laudato Si’. A sessão, realiza-se no Seminário do Verbo Divino, pelas 21h00.

19 de Janeiro, Lourinhã

Colóquio sobre a encíclica e a Rede para motivar as pessoas a organizarem-se em focos – promovido pelo grupo local da Acção Católica Rural, pelas 20h00, no Auditório D. Bébé, na Lourinhã.

 

18 de Janeiro, Lisboa

AINDA HÁ FUTURO PARA O NOSSO PLANETA?
No dia 18 de janeiro, às 18h30, Francisco Cardoso Ferreira, especialista e ativista na área do ambiente, presidente da associação Zero, partilhará as suas reflexões sobre os limites naturais do Planeta que, quando desrespeitados, comprometem a vida das diferentes espécies que o habitam.
Nesta iniciativa promovida pelo Movimento Graal, participam ainda jovens do núcleo de ambiente do Liceu Camões, dando o seu testemunho.
As inscrições devem ser feitas até dia 16 de Janeiro, para o endereço eletrónico graallisboa@gmail.com ou telefone 21 354 6831.
Local: Centro do Graal, Rua Luciano Cordeiro, nº 24-6º A, em Lisboa.