Cuidar da casa Comum

A Igreja ao serviço
da Ecologia Integral

Newsletter n.º 8 — 2 setembro 2019

Pensando no bem comum, hoje precisamos imperiosamente que a política e a economia, em diálogo, se coloquem decididamente ao serviço da vida. [Ls 189]

Tempo da Criação – cinco semanas para aprofundar a ecologia integral

[subscriber:firstname | default:reader]

Entrámos no Tempo da Criação do modo que faz mais sentido: com um dia de oração pelo cuidado da criação. De uma penada fica expresso que temos a quem nos dirigir enquanto descobrimos e zelamos pela criação que nos foi confiada, para, ao mesmo tempo, dela desfrutarmos. Em Portugal, a Comissão da Pastoral Social emitiu uma nota sobre o Dia Mundial de Oração pelo Cuidado da Criação. Já em Junho o grupo ecuménico de responsáveis de várias confissões que promove o Tempo da Criação propôs atenção especial à teia da vida e a biodiversidade, tão ameaçada e dependente da nossa protecção
Ao redor do mundo, não tem imperado nem sequer o mais elementar bom senso, antes se vê resultados lamentáveis de egoísmos e ganância. O tempo presente tem sido muito preenchido por acontecimentos, movimentações, declarações e reacções de todo o género, num tropel de informações que até se tornam contraditórias e atordoam. Mas de forma constante, mais ou menos espaçados, repetem-se alertas de cientistas como Filipe Duarte Santos, ou o sociólogo Michael Löwy. Assim como, recentemente, enquanto na Amazónia e noutras partes do mundo rugiam incêndios fora de controle, os bispos brasileiros e os da América Latina (Celam) instaram as pessoas de boa vontade a tomar posição e defender a Mãe Terra. Surpreendente foi ler uma nota pastoral dos bispos das Filipinas sobre a destruição das condições de vida daquele país – é que foi escrita há mais de 30 anos e, salvo algumas particularidades locais, aplicar-se-ia, hoje, à generalidade do Planeta.
O papa Francisco apelou há dias aos políticos, cientistas e economistas, para que unam esforços na procura de respostas e soluções que permitam colmatar os desastres que se adivinham. Revisitámos as sucessivas mensagens do Papa, desde 2015, por ocasião do 1.º de Setembro, para avivar o que tem recomendado. Os jovens, preparam-se para retomar a mobilização que se desencadeou em torno de Grete Thunberg, interpelando os responsáveis e exigindo medidas concretas e visíveis. Somos todos chamados a defender a casa comum, mudando estilos de vida, corrigindo maus hábitos, aliando-nos fraternalmente antes que seja tarde de mais.
O mundo agita-se e vai mesmo a extremos inaceitáveis, mas, não é altura de levar as mãos à cabeça em desespero ou dar largas a agressividade que causa vítimas (a começar por quem a vive e pratica). É Tempo da Criação! Deixemo-nos inspirar pelo Criador (Ls 245). Para 2019, a rede Cuidar da Casa Comum escolheu como tema: Porque as coisas podem mudar! Caminhos para a ecologia integral, com confiança plena e atentos a todas as vertentes, meio ambiente, as pessoas, a nossa espiritualidade.
Também nos tocam tantos bons exemplos que são sementes de esperança. Tendem a passar despercebidos, diz-se, mas no Facebook tentamos contrariar essa distracção E, assim, há muito por onde escolher quanto à forma como pode cada um, no seu dia-a-dia, tomar consciência e agir no cuidar da casa comum.
A terminar fica a sugestão de que viva connosco este Tempo da Criação e se mantenha a par das reflexões e orações partilhadas no site. Sobre o encontro Também somos Terra, no dia 21 de Setembro, no Linhó, perto de Sintra, haverá informações mais pormenorizadas no site só daqui a uns dias.
Em jeito de “última hora”, já pode ler no site o artigo que resulta da colaboração da rede Cuidar da Casa Comum com a revista Mensageiro de Santo António, e que neste mês de Setembro é precisamente sobre “Tempo da Criação”. E fica aqui a ligação para a mensagem do Papa, que acabou de ser divulgada, sobre o Dia Mundial de Oração pelo Cuidado da Criação.
Em vésperas de mais uma cimeira da ONU, pedimos:
Deus de amor, […]
Iluminai os donos do poder e do dinheiro
para que não caiam no pecado da indiferença,
amem o bem comum, promovam os fracos,
e cuidem deste mundo que habitamos.
(in “Oração pela nossa terra”, Laudato si’)


Aqui não entram nem traça nem ferrugem

As cinco semanas que compõem o Tempo da Criação vão ser enriquecidas por pequenos tesouros partilhados aqui pouco a pouco.
Ler mais.
Aqui não entram nem traça nem ferrugem

Intenção do Papa para Tempo da Criação

Foi dada a conhecer hoje, 31 de Agosto, a intenção central do papa Francisco para o Tempo da Criação de 2019: os mares e oceanos.
Ler mais.

O vídeo do Papa

Tempo da Criação

A criação
Neste mês de recomeços, a nossa irmã e Mãe Terra parece gemer e clamar, ou reagir como um animal ferido, e chama-nos à responsabilidade.
Ler mais.

Dia de Oração pela Criação: nota dos bispos portugueses

A Comissão Episcopal da Pastoral Social emitiu uma nota a propósito do Dia de Oração pela Criação, em que põe no topo a Amazónia.
Ler mais.
Nota dos bispos portugueses

As interpelações de Francisco no 1.º de Setembro

As mensagens do Papa por ocasião do Dia Mundial de Oração pelo Cuidado da Criação deixam sempre “pistas” para um caminho que leve à ecologia integral.
Ler mais.
Papa Francisco com patriarca Bartolomeu

Levante a voz pela Amazónia!

Levante a voz pela Amazónia!
O episcopado brasileiro emitiu uma nota com o expressivo título “Levante a voz pela Amazónia”, em que dá como referência a ecologia integral e a Laudato si’.
Ler mais.

Celam exorta “guardiões da casa comum”

O Conselho Episcopal Latino-Americano (Celam), perante os terríveis incêndios que grassam em diferentes partes do mundo, apela aos “guardiões da casa comum”.
Ler mais.
Celam exorta “guardiões da casa comum”

Como a política aborda a crise climática

A emergência climática «já é, e vai-se tornar ainda mais nos próximos anos, a questão política central da nossa época».
Ler mais.
Como a política aborda a crise climática

Das Filipinas e do mundo

Das Filipinas e do mundo
Há uma declaração dos bispos das Filipinas sobre a situação do seu país que, quase sem alterações, se podia aplicar ao mundo todo. A surpresa é que tem mais de 30 anos.
Ler mais.

Sobre o Tempo da Criação

Um grupo ecuménico de responsáveis de diversos organismos religiosos apresenta o Tempo da Criação.
Ler mais.
Sobre o Tempo da Criação

Fenómenos meteorológicos extremos

«Tudo indica que os anos futuros vão trazer mais do mesmo ou pior, porque as causas do problema não estão a ser eliminadas», afirma Filipe Duarte Santos.
Ler mais.
Fenómenos meteorológicos extremos
LogoCCC_peq
MailPoet