Cuidar da casa Comum

A Igreja ao serviço
da Ecologia Integral

O acesso à água potável e segura é um direito humano essencial, fundamental e universal, porque determina a sobrevivência das pessoas e, portanto, é condição para o exercício dos outros direitos humanos. Este mundo tem uma grave dívida social para com os pobres que não têm acesso à água potável, porque isto é negar-lhes o direito à vida radicado na sua dignidade inalienável [LS 30].
A água é um eixo de interligação e, por isso, podemos falar de um “valor institucional” da água, assim como de um “valor da água para a paz", uma vez que a água é um elemento que leva à criação de pontes, colaborações e diálogo [Aqua fons vitae 26].

[subscriber:firstname | default:reader]
A água é o tema mais recorrente nesta Newsletter. Com efeito, no Dia Mundial da Água, Carmen Lima, do foco do Campo Grande, conversou com a Ecclesia, além de António Guterres ter lançado mais um alerta para as carências e ameaças que se verificam. E, poucos dias depois, saiu um documento intitulado Aqua fons vitae, da Santa Sé. Sugerimos, além disso, que (re)veja o “ponto azul pálido” descrito por Carl Sagan e que conheça os sete parâmetros que Leonardo Boff propõe para pensar a casa comum. E há mais, como pode ver abaixo.
Dia 22 de Abril é Dia da Terra, ocasião para focar a atenção e o cuidado nas relações das pessoas com a sua casa comum e com os demais habitantes. Nesse dia, lembre-se de visitar o nosso site, bem como a página do Facebook.
Entretanto, cuide de si, cuidando também dos outros, de modo a ser possível em breve afrouxar gradualmente as limitações que nos tolhem.

Aqua fons vitae

Água - Plitvice
Este é o título do novo documento sobre a água, publicado há dias pela Santa Sé, com indicações claras para toda a Igreja sobre o uso e gestão da água.
Ler mais.

Covid-19 – Confrontados com a vulnerabilidade…

Vulnerável
Vivemos dias que nos desafiam a conhecer melhor as fibras do nosso ser e a articular pensamentos e emoções sob o prisma de uma fragilidade talvez insuspeitada.
Ler mais.

Do mato nasceu um bosque nativo

Samuel Vieira era ainda estudante, há mais de 20 anos, quando quis fazer um refúgio para animais, mas acabou por criar um bosque de espécies nativas.
Ler mais.
Quinta da Moenda

Deixemos que ética e espiritualidade nos inspirem

Fenómenos extremos
A Terra manifesta-se com veemência através de fenómenos extremos e exige de nós mudanças urgentes. Há alguns parâmetros essenciais para corrigirmos a rota, diz L. Boff.
Ler mais.

The pale blue dot – O ponto azul pálido

O ponto azul pálido
O dito “ponto azul pálido” não é senão o planeta Terra, numa fotografia tirada há 30 anos pela sonda espacial Voyager 1.
Ler mais.

Alerta para os recursos hídricos

Água potável
A assinalar o Dia Mundial da Água, António Guterres aponta carências mundiais gravíssimas e ameaças muito sérias que pendem sobre os recursos hídricos do mundo.
Ler mais.

Dia Mundial da Água, 22 de Março

«Temos de mudar os nossos hábitos de consumo o mais depressa possível», afirmou Carmen Lima, da rede Cuidar da Casa Comum, numa conversa com a Ecclesia.
Ler mais.
Água
LogoCCC_peq
MailPoet