A 3 de Fevereiro assinalou-se o Dia Internacional sem Palhinha. Alguns números podem ajudar a perceber porque se quer chamar a atenção para tal insignificância: uma palhinha serve em média durante uns quatro minutos e leva mais de 400 anos a degradar-se; na União Europeia, são consumidos 36,4 mil milhões de palhinhas por ano; em Portugal, cerca de mil milhões.

jornal Público mostrou, na ocasião, a dimensão do problema e deu “algumas dicas para contribuirmos para um mundo mais sustentável”.